Galeria

27.09.2018 - 18:00

Peritas criminais realizam treinamento para aprimorar técnicas de coleta de DNA

O curso teórico-prático tem carga horária de 38 horas-aula, distribuídas em cinco dias letivos e com até oito horas-aula de atividades diárias. "O curso tem como objetivo principal desenvolver conhecimentos e habilidades para proceder a coleta, preservação e envio de material biológico de acordo com a nova realidade da polícia, que inclui os bancos de dados de DNA", detalha a Polícia Federal, em ofício. Para esse treinamento, as peritas criminais Karina Rébulla e Joyce Yamahira, lotadas em Campo Grande, e Karla Gonçalves da Cruz, da Unidade de Perícia e Identificação de Corumbá, foram selecionadas na CGP-MS.
|
Compartilhe:
Tag3 - Desenvolvimento Digital